Samsung Galaxy S5

0
1144

O Samsung Galaxy S5 é o smartphone Android mais esperado do ano. Ele tem rivais, mas nenhum outro Android conseguiu provocar tanta emoção como este.

Ele oferece muito mais atualizações que seu antecessor, o Galaxy S4, incluindo uma tela melhorada, software redesenhado e uma câmera um pouco melhor. No entanto, há alguns itens que não são perfeitos. O design não é dos melhores, o novo sensor de frequência cardíaca é um pouco inútil para muitos, e o scanner de impressão digital é trabalhoso de usar.

Mas vamos começar com as especificações básicas, antes de nos aprofundarmos nas características do aparelho: o Galaxy S5 tem uma tela de 5.1 polegadas 1080p Super AMOLED. Usa um processador de 2,5 GHz quad-core Snapdragon 801 e tem uma câmera de 16 megapixels com um novíssimo sensor feito pela Samsung.

A Samsung tem feito o seu melhor para que o Galaxy S5 pareça bem diferente do S4. Toda a parte de trás possui saliências, enquanto a do Galaxy S4 é lisa e brilhante.

Produto recomendado: O Mundo Milionário das Vendas de Celulares

Enquanto o Sony Xperia Z2 e HTC One M8 tentam usar materiais mais caros, o Galaxy S5 é quase inteiramente de plástico. Os lados do telefone são de plástico metálico que pode ser confundido com metal. Mas a sensação de plástico é inconfundível quando se pega na mão. As laterais possuem saliências também, o que o faz parecer pior do que o estilo plano do S4.

galaxys5

A Samsung pretende oferecer o Galaxy S5 em todo um arco-íris de cores durante os anos de 2014/2015, mas no lançamento, há quatro tons para escolher. A versão preta (que na verdade é um cinza muito escuro), azul, dourado e branco.

As dimensões do Galaxy S5 são, como é comum para os carros-chefe da Samsung, impressionantes. Possui apenas 8,1 milímetros de espessura e, apesar de ter uma tela um pouco maior, é apenas um par de milímetros mais largo do que o Galaxy S4. A moldura da tela não é tão fina como o LG G2, mas a Samsung conseguiu com algum esforço fazer uma tela tão grande ser razoavelmente fácil de usar.

A resistência à água do Galaxy S5 funciona exatamente como em outros recentes telefones à prova d’água. Há coberturas de borracha na tampa de plástico e na aba que fica sobre a porta USB na parte inferior. Este é um dos poucos telefones que usam uma entrada USB 3.0 micro de grandes dimensões, também visto em alguns outros telefones Samsung, como o Galaxy Note 3, e isso faz com que a aba inferior seja bem grande.

Sugestão de produto: Crie, Desenvolva e venda aplicativos de smartphone em 5 minutos

O novo scanner de impressão digital da Samsung é interessante. Nós vimos alguns scanners de impressões digitais diferentes em celulares nos últimos 12 meses. O TouchID do iPhone 5S é um grande sucesso, o scanner do HTC One Max é muito bom. O do Galaxy S5 fica em uma posição semelhante ao scanner do iPhone, mas em uso se sente um pouco mais parecido com o do HTC One Max. Em vez de descansar o dedo sobre o botão, como acontece com um iPhone 5S, você deve passar um dedo sobre ele. O sensor fica sob o botão central de seleção.

galaxys5cores

Talvez o mais notável dos novos elementos de hardware é o sensor de frequência cardíaca, porque adiciona novos sensores para a área flash LED na parte de trás do telefone. Este é o primeiro telefone a usar um sensor de frequência cardíaca dedicado, mas ele se utiliza de uma tecnologia bastante familiar. Acende-se uma luz vermelha / IR, no seu dedo, e monitora as mudanças visuais causadas ??pela circulação de seu sangue. Funciona bem, e leva cerca de oito segundos, mas há duas questões óbvias – é realmente útil, e você pode obter essa funcionalidade em outro lugar? No momento, você só pode usar sensor de frequência cardíaca do Galaxy S5 no aplicativo S Saúde (embora pareça ser parte da Samsung Bluetooth LE SDK, por isso deve ser capaz de ser usado em aplicativos de terceiros), onde ele faz uma gráfico de seus resultados anteriores.

Ficaríamos felizes em anunciar uma melhora no alto-falante interno. Mas isso é algo que – mais uma vez – foi relativamente negligenciado pela Samsung. O som sai de uma única grade sob a placa traseira, e usa o limitado espaço interno entre as partes externas da tampa e da zona bloqueada pelas vedações de borracha para reforçar um pouco o som.

À primeira vista, a tela do Galaxy S5 não parece ser muito melhor do que a do Galaxy S4. Com 5.1 polegadas, é apenas 0,1 centímetros maior que seu antecessor, ele usa a mesma resolução de 1080p, o mesmo Gorilla Glass 3 camada superior e o mesmo tipo de painel Super AMOLED. Mas é realmente muito fantástico em muitos aspectos. A Samsung se esforçou para trabalhar na calibração de cores de suas telas OLED.

Ter uma tela tão grande, faz o Galaxy S5 uma escolha óbvia como um player de vídeo móvel. E a Samsung tem uma história de capacidades de vídeo muito melhores do que a média em seus telefones. Fiel à forma, o telefone inclui um aplicativo de player de vídeo feito pela Samsung. É simples, mas ao contrário do aplicativo Google Movies, ele permite usar seus próprios vídeos, e não aqueles que você compra do Google, Samsung, dentre outros.

O Galaxy S5 é um dos poucos telefones topo de linha atuais que permite o acesso à bateria. É uma 2800 mAh, 10.78Wh, 200 mAh acima dos 2.600 mAh do Galaxy S4. Muitas das otimizações mais importantes de baterias vêm do processador Qualcomm Snapdragon 801.Sem usar qualquer das habilidades especiais de economia de energia do telefone, você vai ter um dia um meio de bateria, com uso moderado. Como um teste secundário, vamos deixar o Galaxy S5 reproduzir um vídeo a partir de uma carga completa até que o telefone desliga-se. Com brilho médio, o telefone tem a duração de 11 horas durante a reprodução de um vídeo de qualidade SD. Isso é bom, e cerca de uma hora a mais do que o HTC One M8.

Qualidade de chamada: o alto-falante do fone de ouvido é bastante alto e claro. Como a maioria dos celulares com Android, o S5 usa um microfone secundário para fornecer cancelamento de ruído ativo.

Conectividade: o Samsung Galaxy S5 oferece uma gama muito completa de conexões. Os principais são: 4G, Wi-Fi ac, NFC e um novo modo de conectividade que permite que o S5 usar o Wi-Fi e conexões de internet móvel simultaneamente para velocidades de download mais rápido.

Concluindo, o Samsung Galaxy S5 possui provavelmente o pior design dentre os 3 lançamentos Android de 2014. HTC One M8 e da Sony Xperia Z2, ambos oferecem um design que é mais bem sucedido do que o que temos aqui. Claro, se você costuma usar case em seu telefone, o visual não importa muito. No entanto, outros aspectos são bons ou excelentes. A tela é verdadeiramente soberba, proporcionando o tipo de qualidade de imagem que nos faz desejar que as pessoas não tivessem parado de fabricar TVs de OLED. E apesar de achar que a Samsung poderia ter melhorado a câmera, ela possui um grande desempenho de dia e à noite, igualmente – contanto que você tenha uma mão firme e um pouco de paciência.

O Samsung Galaxy S5 cumpre bem o papel de sucessor do Galaxy S4. É um telefone com algumas melhorias significativas em relação a esse modelo. Falta-lhe o estilo de seus rivais mais próximos, mas é mais do que oferece em todos os outros pontos e tem uma tela realmente fantástica.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here