Sete dicas para obter uma melhor gravação de vídeos com smartphone

Gravar vídeos nunca foi tão fácil ou com tão pouco esforço. Todo mundo possui uma câmera de vídeo poderosa em seu bolso: um smartphone. E com um pouco de treino e algumas dicas importantes, até mesmo você pode começar a filmar grandes cenas, fazer um vlog, ou até mesmo gravar um filme indie ou um documentário, usando apenas o celular.

Neste artigo, vamos dar algumas dicas que podem ajudar a capturar tudo o que você quer, da melhor forma possível. Embora algumas possam parecer óbvias, elas ajudarão a fazer vídeos incríveis com seu smartphone.

1. Paisagem

videos1

Nada arruína mais um vídeo do que ter duas barras verticais pretas em ambos os lados. Para evitar este erro amador, certifique-se de usar a orientação paisagem e não a orientação retrato durante a gravação. Não só a paisagem faz seu vídeo parecer esteticamente mais agradável, em geral, mas também vai torná-lo mais agradável de assistir quando visto em uma tela widescreen ou numa televisão. Então lembre-se: nunca segure o telefone na vertical durante a gravação, a menos que você realmente queira incluir aquelas barras pretas verticais. (essa dica não vale para vídeos no Instagram, pois nesse aplicativo você precisa deixar o celular na orientação retrato).

 

2. Enquadramento

Agora que você está gravando na orientação correta (veja acima), preencha completamente o quadro com seu assunto. Você também pode colocá-lo ligeiramente fora de centro para criar uma cena mais interessante visualmente. Basta testar e ver o que fica melhor.

 

3. Zoom

Nada é mais feio do que o zoom digital – basta perguntar a qualquer fotógrafo profissional. A maioria dos smartphones, infelizmente, apresentam zooms digitais, que são truques de software que apenas vão fazer com que o seu assunto pareça mais próximo, mas não sem grandes quantidades de pixelização.
Para aproximar uma cena durante a gravação, sem perder a nitidez, as cores vivas e a qualidade que você deseja em vídeos, você vai ter que chegar mais perto de seu sujeito (ou usar um acessório, mas falaremos sobre isso mais tarde). Em geral, você deve sempre chegar o mais próximo que puder, especialmente para closes em rostos.

 

4. Flash

Todos nós já vimos algum vídeo em que o sujeito tem a pele amarela e olhos diabolicamente vermelhos, combinados com fundos super escuros. O culpado? Bem, sim, é o fotógrafo… mas é também o flash.

Smartphones vêm equipados com luzes de LED que são muito brilhantes e podem facilmente distorcer a temperatura de cor das fotos. Além disso, o vídeo vai sair mal iluminado no final. Se você quiser gravar uma cena à noite, vai ter que encontrar outra fonte de luz. Seja criativo com as luzes disponíveis, como um luminoso de neon ou uma jukebox.

 

5. Luz de fundo

Há mais uma coisa que você deve ter em mente quando se pensa em flash e iluminação em geral: evitar contraluz. Você pode ser capaz de ver as pessoas e os seus rostos quando eles estão contra a luz, mas a câmera do smartphone normalmente não pode. Para evitar essa situação, tente usar uma configuração básica de luz. Também é possível melhorar a situação movendo-se para um lado ou outro. Embora alguns aplicativos de câmera tentem reduzir os efeitos da iluminação de fundo, você deve tentar reduzir os efeitos enquanto filma também.

 

6. Acessórios

Vamos ser honestos: câmeras de smartphones não são tão boas quanto as potências feitas pela Canon ou Nikon ou Sony, principalmente porque as câmeras de smartphones e seus aplicativos, não possuem controles finos e outras coisas. Se você, portanto, quer levar suas habilidades de vídeo-gravação para o próximo nível, sem ter que comprar uma DSLR cara, você pode considerar a compra de acessórios que revelam o verdadeiro potencial de sua câmera. Você pode obter vários equipamentos, desde sistemas de tripé, até lentes criativas que se acoplam ao smartphone.

 

7. Edição

E, finalmente, às vezes um pouco de edição é necessária para melhorar a qualidade das suas filmagens. Hoje em dia você pode fazer alguma edição no próprio smartphone, ou seja, sem precisar investir num software em seu PC. Desde um corte básico, até adicionar transições, títulos e efeitos é simples de se fazer, tanto no iOS quanto em dispositivos Android. Se o seu próximo vídeo é uma montagem ou um projeto da escola, aplicativos móveis podem agilizar o processo de edição de vídeo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *